A VOLTA DA CPMF

Editorial Jornal Agora – 7-11-2010- Em seu discurso da vitória, Dilma Rousseff prometeu aliviar a carga de impostos que pesa sobre os brasileiros.

Poucos dias depois, na primeira entrevista conjunta de Lula e da presidente eleita, os dois votaram a falar da recriação do imposto do cheque, a CPMF.

Lula disse que faltam recursos para a saúde. Dilma afirmou que não se trata de uma iniciativa dela. Declarou que tem sido pressionada pelos governadores, preocupados com o serviço de atendimento médico em seus Estados, para recriar o tributo.

Daí o novo nome da antiga taxa sobre movimentação financeira: Contribuição Social para a Saúde. A CSS cobraria uma taxa de 0,1% sobre cada transação bancária.

É claro que o poder público precisa destinar verbas para hospitais, médicos e serviços de urgência. Mas será que é necessário fazer o cidadão pagar essa conta?

Na verdade, muito poderia ser feito com os impostos que já existem. Os recursos para a saúde têm aumentado bastante, como resultado de uma lei do ano 2000 que prevê verbas cada vez maiores para o setor.

Além disso, todo mundo pagaria feliz por uma melhor qualidade no atendimento médico. Desde que tivesse certeza do bom uso do dinheiro.

Mas o governo administra mal os impostos que recebe. Gasta demais com uma máquina pública que não para de crescer. Isso para não falar dos desvios de verbas.

Antes de vir bater à porta do cidadão para pedir mais dinheiro, o governo teria que dar satisfações do que já faz com o que tem. Cortar gastos inúteis e investir no que realmente interessa. Enquanto isso não acontecer, não faz sentido criar novas contribuições.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: