Cadastro de professores vai até 17 de junho

Fonte: Jornal Agora-27-05-2010-pág.A/11 – Governo definiu o calendário para contratação dos temporários que não fizeram concurso. Lista deve ser publicada até o dia 2 de julho.

Os professores interessados em trabalhar na rede estadual de educação como temporários têm até o dia 17 de junho para se cadastrar e concorrer a uma vaga. A portaria que definiu o cronograma para a contratação desses docentes que não fizeram a prova de seleção foi publicada ontem no “Diário Oficial” do Estado.

Apesar de o prazo final ter sido definido, no início das inscrições ainda terá de ser divulgado pelas diretorias de ensino. Cada um tem autonomia para definir a data, bem como os requisitos para que o candiato participe da seleção e seja classificado.

A portaria determina ainda que a lista de classificiação desses temporários que se cadastraram seja divulgada no dia 18 de junho. Até o dia 2 de julho, a classificação também deverá ser publicada no “Diário Oficial” do Estado.

A contratação desses temporários, sem a realização de prova, foi permitida de acordo com uma resolução publicada anteontem no Diário Oficial.

Segundo Paulo Renato Souza, secretário de Estado da Educação, a prova para temporários, aplicada pela primeira vez em dezembro, seguirá nos próximos anos. A resolução que autoriza as contratações sem prova vale apenas para este ano.

A medida foi tomada devido à dificuldade que o governo tem enfrentado de encontrar docentes. O secretário disse que buscou beneficiar os alunos ao permitir que temporários, sem avaliação, pudessem dar aulas na rede. “O pior que pode acontecer é não ter aulas”.

Veja como será a contratação

Calendário – Até o dia 17 de junho, as diretorias de ensino irão receber o cadastro dos professores interessados; No dia 18 de junho, será divulgada a classificação do cadastramento; Até o dia 27 de junho, o Diário Oficial do Estado deverá publicar a classificação dos cadastrados.

Números da rede estadual: Possuí cerca de 230 mil docentes no total; Entre 80 mil e 100 mil são professores temporários. Desse total, 40% foram reprovados.

Fonte: Diário Oficial do Estado e Secretaria de Estado da Educação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: