A VIDA REAL DOS DEFICIENTES FÍSICOS

É raro, mas, vez ou outra, algum portador de deficiência física se vê representado na mídia, mais especificamente, em novelas. Por alguns meses, chama muita atenção. De repente, sai de cena, acaba a ficção e a vida continua.

Porém, sabemos que na, realidade, os verdadeiros protagonistas que vivem o drama da deficiência física, nem sempre têm uma bela história de superação para contar ou mesmo um final feliz.

Os números traduzem: há 24 milhões de brasileiros com algum tipo de limitação física – 14,5% da nossa população.

Se voltarmos estes números para a Educação, vemos que apenas 17,5% das escolas brasileiras dispõem de dependências próprias para portadores de algum tipo de deficiência física, incluindo banheiros. Na rede pública, esse índice cai para 14,6%. Nas particulares, no entanto, o índice chega a 29,7%.

Na verdade, a inclusão social do portador de deficiência física é um processo basicamente cultural. Implica uma ação coletiva contra o preconceito e a discriminação, assegurando-lhe respeito e o total cumprimento dos fundamentos essenciais dos direitos humanos.

É preciso encarar o problema de frente e aceitar o desafio de superar os conflitos e as resistências, especialmente, na rotina escolar.

A inclusão é imperativa. É preciso agir para que realmenete o processo aconteça. É hora de olhar para o problema, fornecer soluções e usar o mais adequados recursos e, caso não estejam disponíveis, buscá-los onde houver, sem limites de esforços.

A meta precisa ser de todos os que estão comprometidos com uma educação de qualidade, seja pública ou privada.

Participar do processo de inclusão social dos deficientes físicos é, antes de tudo, um exercício de cidadania. È preciso que as pontecialidades sejam ressaltadas, e não os limites.

O assunto é amplo e profundo. Temos ciência de que a nossa Constituição garante a igualdade a todos os brasileiros. E, ainda, que temos o inviolável direito de ir e vir.

Entretanto, não é fácil constatar que, em nossa vida real, não é bem assim que funciona. Os portadores de deficiência física que o digam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: