GREVE POLÍTICA

Editorial Jornal Agora -26-03-2010-pág.A/3 – Uma parcela dos professores da rede estadual, em greve há 19 dias, vem se comportando de maneira injustificável.

Sob o pretexto de defender aumentos salariais, um grupo de agitadores comparece a cada aparição pública de José Serra (PSDB). Os manifestantes tumultuam as cerimônias, gritam, sopram apitos.

É claro que o trabalhador tem direito de fazer greve e lutar por aumentos salariais. Os professores de São Paulo, assim como seus colegas de outros Estados, ganham mal. Mas já está claro que não é disso que se trata.

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo, que organiza as manifestações, é ligado ao PT. Sua atual presidente é filiada ao partido.

Ao que tudo indica, José Serra, já está em campanha. Ele quer se lançar como candidato à Presidência e tem participado de eventos públicos. Do outro lado, Dilma Rousseff, candidata do PT, faz o mesmo. Faz parte do jogo.

O que não dá para aceitar é que o sindicato, que quer ver Dilma eleita, use o pretexto de defesa da categoria para tentar desmoralizar publicamente o governador.

O próprio pedido de aumento da categoria, 34% é irreal. O objetivo do sindicato parece ser prolongar a própria greve e, assim, criar uma situação prejudicial ao candidato tucano.

Também saem prejudicados os estudantes e muitos professores, que prefeririam uma negociação realista a esse impasse.

É muita irresponsabilidade do sindicato prejudicar a vida de tanta gente, inclusive dos próprios profissionais que deveria representar, só para travar uma guerra política.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: