Editor da Record morre aos 91 anos

Jornalista, que estava na emissora desde 1947, foi vereador pelo PMDB – O jornalista Murilo Antunes Alves, editor-chefe da TV Record, morreu aos 91 anos na segunda-feira, após não ter resistido a uma cirurgia. Segundo nota da Record, Alves foi contratado pela rádio Record em 1 de maio de 1947 e fez parte da equipe que colocou a TV no ar, em 23 de setembro de 1953. Era o funcionário mais antigo da emissora. Ganhador de vários prêmios, entrevistou políticos como Getulio Vargas e Jânio Quadros – de quem foi assessor de gabinete da Presidência anos depois. Apresentou, até o fim dos anos 1990, o “Record em Notícia”, e na mesma década foi vereador em SP pelo PMDB  – é dele o projeto que obriga o uso do cinto de segurança na capita. O enterro foi anteontem em Itapetininga (172 Km de SP) – (Fonte: Jornal Agora -18-02-2010-pág.A/6).

(meu comentário) – Murilo Antunes faz parte do jornalismo brasileiro. A verdade norteava seu trabalho, imortalizado por um empenho irretocável. O Brasil perde um grande cidadão que seu exemplo seja seguido pelas novas gerações de comunicadores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: