500 PROFESSORES PERDEM CONCURSO

Jornal Agora – 24-12-09-pág.A/10

Vinícius Segalla

Cerca de 500 professores que iriam concorrer a uma vaga temporária na rede estadual não conseguiram fazer o exame, que aconteceu no último domingo. O maior problema ocorreu na zona norte da capital, onde dois eventos que atraíram milhares de visitantes complicaram o trânsito.

Na unidade da Uninove da Vila Maria, um dos locais onde foi realizada a prova, 300 candidatos ficaram de fora. Houve tentativa de invasão e início de confronto.

Por conta disso, a Apeoesp, o sindicato dos professores, entrou com uma ação na Justiça para anular o concurso. “O professor não pode ser penalizado. O índice de trânsito no domingo e o tráfego na Vila Maria foram muito mais altos que o padrão. Os organizadores deveriam ter previsto”, diz Maria Isabel Noronha, presidente da Apeoesp. No dia da prova, São Paulo registrou 50km de congestionamento, contra a média de 13 Km dos domingos normais.

Já o Centro do Professorado Paulista solicitou à Secretaria de Estado da Educação uma nova data para a realização da prova para os que o perderam por causa do trânsito inesperado.

A secretaria afirma que problemas desse tipo devem ser tratados com a Vunesp, organizadora do concurso. Já a Vunesp diz que “não há o que possa ser feito em favor dos candidatos”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: